Novo Peugeot 208 vem ao Brasil com motor 1.6 antigo, mas terá versão elétrica

Após alguns meses de atraso causado pela pandemia do coronavírus, a nova geração do Peugeot 208 enfim está prestes a chegar ao Brasil para tentar uma vaga entre os líderes Chevrolet Onix e Hyundai HB20.

Apostando em um visual chamativo e muita tecnologia, um detalhe poderá desestabilizar o modelo: ele estreará por aqui com motor antigo e sem turbo. Por outro lado, a versão elétrica está confirmada. Os preços ainda não foram revelados.

O lançamento, até então programado para maio, precisou ser adiado por tempo indeterminado por causa do avanço da Covid-19 pelo mundo e, principalmente, pelos dois países envolvidos na operação.

Agora, chegou a hora de retomar os planos e remarcar a estreia do modelo, o que deve acontecer em setembro. A data ainda não foi oficializada pela marca, que depende de mais um fator: o 208 deixará de ser nacional e passará a ser importado de El Palomar, na Argentina.

O que só quem andou no novo 208 sabe:

 

 

  • Está mais tecnológico do que nunca: quadro de instrumentos 3D, faróis full LED e frenagem automática se destacam;
  • Acabamento está acima da média, com partes macias no painel e bancos de Alcantara;
  • Visual moderno e marcante promete atrair muitos olhares;
  • Ficou mais confortável e silencioso em relação ao antigo;
  • Desempenho do motor 1.6 é satisfatório, mas fica devendo um turbo.